Seu site é feito para mobile? Saiba a importância Luciano Somenzari 6 de abril de 2022

Seu site é feito para mobile? Saiba a importância

Sua mensagem no formato correto para evitar rejeição, ou pior: falta de vendas

Basta olhar ao redor em praticamente qualquer espaço público e constatar o uso intenso de celulares. Os smartphones são hoje a principal porta de entrada no mundo digital para grande parte da população. O número de usuários só cresce nos últimos anos. Dados do IBGE indicam que desde 2018 os celulares são os principais dispositivos de acesso à internet no Brasil.

Diante desse fato, a pergunta básica para quem tem um site (ou blog) é: ele é feito de forma amigável para celular?

Imagine abrir um site ou blog pelo smartphone e encontrar letras e imagens minúsculas, layout desproporcional ao tamanho da tela e pior, lento no carregamento das páginas. Pois é, se é assim, é porque definitivamente não é uma comunicação feita para o celular. E a audiência passará longe.

Por outro lado, se o site for responsivo, ou seja, projetado para se adaptar a qualquer tipo de resolução, sem distorções, aí a coisa muda de figura.

O design de um site que seja responsivo é capaz de automaticamente identificar a largura de cada dispositivo (mobile, tablet, desktop), o espaço disponível e como a página será apresentada. Também ajusta dimensões das imagens, das fontes das letras e demais elementos para não ficarem desproporcionais. Em outras palavras, os sites responsivos são adaptados a qualquer tipo de tela.

Melhora a experiência do usuário

Portanto, um site adaptado para dispositivos móveis ajuda muito a melhorar a experiência do usuário. Se este fica satisfeito ao navegar pelo site, as chances de permanecer mais tempo aumentam consideravelmente.

É importante dizer que existe uma diferença entre um site responsivo e uma versão mobile. O mobile template é um segundo site separado, feito exclusivamente para ser aberto em determinados tipos de dispositivos. A recomendação, porém, é que o site seja responsivo pela sua própria adaptabilidade, como já foi dito. De toda maneira, existem plug-ins que podem provisoriamente resolver essa questão, enquanto o site estiver com um projeto de adaptação em andamento, por exemplo.

Vantagens do site responsivo

  • Ter um site responsivo reduz a taxa de rejeição, isto é, a quantidade de usuários que entram em seu site e saem sem interação nenhuma;
  • O número de compras online feitas por smartphones segue a mesma tendência de crescimento de uso desses dispositivos;
  • Assim como o aumento de vendas, há também a possibilidade de aumentar a conversão e gerar leads (oportunidades de vendas junto a clientes que fornecerão informações de contato, como nome e e-mail, ao navegar pelo site);
  • É mais leve e otimizado, por isso as páginas são carregadas rapidamente.

Aparecer no topo da listagem de busca

O Google, maior e mais procurado mecanismo de busca da internet, preparou seus algoritmos para favorecer websites responsivos, sobretudo quando a pesquisa é feita via dispositivo móvel.

O nome que o Google deu a esse tipo de favorecimento é Google Mobile First Index, que prioriza a versão mobile de um site na hora de indexá-lo. Isso significa que naquela listagem que aparece na página do Google sempre quando fazemos uma pesquisa, o site que tem apenas uma versão para desktop, simplesmente vai para o final da fila nos resultados da busca.

Então fica a dica, se seu site ainda não está adaptado ao mobile, corre lá para fazê-lo.