Quais os principais fatores para rankear melhor no Google Marcio Padula 15 de junho de 2022

Quais os principais fatores para rankear melhor no Google

Os fatores de rankeamento no Google são as várias técnicas utilizadas para dar destaque a um conteúdo na plataforma de busca. Quando digitamos qualquer palavra ou frase na busca do Google, os sites que aparecem nos primeiros lugares são aqueles com as melhores técnicas de SEO.

Entenda primeiro esse conceito

Todos os sites que aparecem na primeira página de pesquisa do Google têm um bom posicionamento orgânico. Portanto, serão vistos imediatamente no resultado e terão mais chances de receber acesso dos usuários.

Um dos fatores mais importantes para ganhar relevância no Google é buscar atender bem as regras de rankeamento desse buscador. 

São elas que definem quem aparece primeiro nas pesquisas e tornam as buscas mais eficientes. Atendê-las bem significa ter boas estratégias de SEO.

A ordem de relevância que o Google oferece para os usuários que nele fazem suas pesquisas responde a um complexo algoritmo.  Muitas das políticas e metrificações incorporadas por esse algoritmo são divulgadas pelo próprio Google. 

Entender como proceder para atender essas regras do Google é um trabalho importante, pois pode aumentar consideravelmente a relevância do conteúdo do seu site e dos seus produtos.

Rankeamento no Google com técnicas de SEO

SEO (Search Engine Optimization) significa otimização de mecanismos de busca. Consiste em várias  técnicas usadas para uma boa posição no buscador. Algumas ações merecem um estudo mais aprofundado. É o que faremos aqui.

Escolha da palavra-chave

Priorizar uma boa palavra-chave é uma estratégia de vendas e de comunicação. O primeiro passo é entender o público-alvo. Saber para quem o conteúdo se destina. Depois, é possível utilizar palavras que serão usadas por esse público para procurar o assunto de interesse. Isso, aliás, pode ser um termo ou uma frase. Por exemplo:

  • Um restaurante: tipo de comida, localização, preço e qualidade;
  • Loja de roupas: variedade, estilo, material, atendimento e preço;
  • Supermercado: produtos, preço, estacionamento e horário.

Público-alvo

Saber para quem será destinado é essencial, sobretudo para direcionar melhor o conteúdo e ajudar no bom rankeamento no Google. Portanto, é necessário ter em mente o seguinte:

  • Faixa etária;
  • Maiores “dores” dos usuários;
  • Conteúdo que esses leads consomem;
  • Linguagem mais adequada;
  • Como a empresa pode ajudar os clientes.

Tipo de conteúdo

Na internet, a escrita não é igual a de um livro. Dessa forma, o texto deve ser único, simples, e objetivo. É importante manter sempre uma conexão com o leitor. Por isso, invista em recursos como:

  • Incluir imagens;
  • Apresentar cabeçalhos:
  • Parágrafos curtos;
  • Vídeos;
  • Negritar palavras-chave.

Descrição e título

O título, por meio de uma frase, aparece na página de resultados do Google. Assim, não deve conter muitos caracteres e apresentar a informação precisa sobre o tema. Além disso, a descrição deve ser chamativa, o que influencia de forma direta na taxa de cliques no site.

Usar links internos ajuda no rankeamento no Google

Algo muito importante é que o site deve ter links internos. Isso, de fato, ajuda o robô de buscas desse hospedeiro. Portanto, uma página com linkagem interna é fundamental para:

  • Facilitar a ação do usuário;
  • Incentivar a conhecer outras páginas no site;
  • Relacionar conteúdos que contém assuntos em comum.

Heading tags

Para um bom rankeamento no Google, as heading tags servem para mostrar aos robôs e usuários uma estrutura coerente das informações que estão na página. Desse modo, o texto que está em H1 (título) é o mais importante, depois, subsequentes: H2 e H3 (subtítulos).

Planejamento é essencial no rankeamento no Google

Após a definição do público, da linguagem adequada, das palavras-chave e os outros já citados, chegamos na próxima etapa: o planejamento. Nesse momento, é essencial o levantamento de questões como:

  • Foco de serviços ou produtos;
  • Plano de comunicação;
  • Análise dos concorrentes;
  • Estratégias que serão adotadas.

Canonical tag

O nome é complicado mas sua função não, já que o objetivo é simples. Assim, se houver matéria duplicada, por exemplo, essa ferramenta vai indicar qual dos dois conteúdos é o principal nos buscadores. Dessa maneira, os robôs de busca darão preferência ao que mais se aproxima da pesquisa.

A busca pela palavra-chave

Para tirar proveito da demanda e gerar tráfego qualificado para o site, é necessário que se produza um conteúdo adequado para seu nicho. Então, se não fizer uma boa escolha da palavra-chave, de fato, não terá o retorno esperado.

Sucesso no rankeamento no Google

Há muitos pontos para se entender sobre como funciona o SEO. Afinal, é ele o elemento mais importante quando se fala em rankear uma página no Google. Isso porque, por meio da técnica, é possível destacar-se no mecanismo de busca, que é o mais usado no mundo.