O verdadeiro segredo da pauta Luciano Somenzari 6 de abril de 2022

O verdadeiro segredo da pauta

A dúvida
Imagem de Ann H

Descubra como planejar um assunto de interesse da audiência e que pode fazer total diferença na sua empresa

Bateu a inspiração, sentou, escreveu e o texto saiu pronto. Talvez no mundo da imaginação as coisas aconteçam assim, mas na vida real, produzir algum tipo de conteúdo sobre uma empresa (ou que leve até ela) requer planejamento, pesquisa, boas referências e método.  Daí a importância da pauta.

Uma pauta rica é como se fosse o mapa que direciona a produção de um texto relevante (que pode ser usado para um blog, newsletter, vídeo  etc.) para quem for destinado.

No marketing de conteúdo, ou mesmo no jornalismo, onde o termo é largamente empregado, a pauta é composta por informações objetivas e claras. Montar uma pauta para orientar a produção do texto requer a elaboração de alguns processos específicos. Veja a seguir o passo a passo para a sua confecção:

Definição do tema e coleta de informações

É preciso ir atrás do maior número possível de informações relacionadas ao projeto, produto/serviço ou ao tema a ser abordado. Em primeiro lugar, são feitas reuniões com o cliente para entender sua necessidade. Esse é o ponto crucial para obter todos os detalhes do tema em questão, a partir da realidade do negócio da marca.

A quem é destinado

Identificar com quem o texto vai se comunicar (ou a definição da Persona) é fundamental para compor a mensagem. Os principais requisitos para determinar o tipo de audiência que o conteúdo será direcionado são:

  1. o tom da linguagem;
  2. a maneira como o assunto será abordado;
  3. a faixa etária;
  4. o perfil social/profissional.

Objetivo do conteúdo

A partir do texto, o que se espera? Transformar o leitor em lead (oportunidade de relacionamento junto a possível cliente que concorda em fornecer seus dados)? Ou a ideia é  fazer com que concretize diretamente a compra do serviço ou produto, por exemplo? Para responder essas questões é preciso localizar em qual etapa da jornada do consumidor o público-alvo está.

Essa jornada também é chamada de funil de vendas. E as fases desse funil são:

  1. Topo, tem a finalidade de atrair o interesse do público-alvo;
  2. Meio, gera identificação e trata das soluções dos problemas apresentados pelo potencial consumidor/cliente;
  3. Fundo, estimula a decisão de compra.

Ao se definir em qual etapa o texto da pauta se enquadra, é mais fácil preparar os conteúdos  e engajar o público a realizar as ações desejadas.

Descrição – o que será abordado no texto

Precisa ser objetiva, simples e completa. O ideal é que a descrição indique os tópicos e breves explicações sobre como abordá-los, sem, obviamente, tirar a liberdade de quem for escrever, já que este pode e deve incluir informações interessantes ao tema.

Prazo das tarefas

Cada tarefa deve ter um prazo calculado, mediante a experiência de equipe em trabalhos anteriores e similares. Com a determinação do deadline para a entrega das atividades, a equipe pode organizar melhor o seu tempo, evitando atrasos.

Referências

A pauta deve ainda apresentar referências de pesquisa, que ajudará o redator a compor o material com assertividade, usando dados de relevância para conferir qualidade ao texto. Tais referências podem e devem ser encontradas em sites confiáveis e renomados, como os de instituições especializadas no assunto em questão.

Um conteúdo de qualidade, claro, objetivo e talhado para atingir o publico planejado é fruto de uma pauta rica. Pense nisso na hora de elaborar o texto. Inspiração é sempre bom, mas planejar é melhor ainda.