Qual a diferença que o brand publishing pode fazer para sua marca Marcio Padula 24 de maio de 2022

Qual a diferença que o brand publishing pode fazer para sua marca

O brand publishing é uma estratégia de criação de conteúdo de marca diferenciada. Isso
porque, não depende dos veículos de mídia tradicionais, mas cria o seu próprio canal para
publicar. Então, saiba mais sobre esse recurso e quando é uma boa opção.

O que é brand publishing?
Esse termo, em sua tradução, significa publicação de marca. No entanto, sua principal
diferença em relação ao marketing de conteúdo é que a empresa detém seu próprio
canal.
A marca pode ter um site, canal de televisão, revista ou um podcast, por exemplo. Qualquer
que seja o tipo de mídia escolhido, o foco não é fazer propaganda, mas criar conteúdo
informativo e de qualidade.

Profissionais para implementar
O sucesso desse tipo de estratégia requer uma equipe editorial capaz de criar conteúdos
relevantes. Desse modo, jornalistas, publicitários e designers têm papel primordial para
desenvolver o branding publishing.
Com esse formato, a empresa pode se firmar como referência no mercado e agregar valor à
marca. Além disso, é importante que a criação de conteúdo esteja alinhada aos valores da
companhia.

Quando o brand publishing é indicado?
Este é um passo posterior ao branding content, ou seja, do conteúdo de marca. Afinal,
para que a empresa possa ter um canal próprio, é preciso que tenha uma presença bem
definida no mercado.
Isso não quer dizer que essa estratégia seja exclusiva para grandes marcas. No entanto, o
ideal é que a companhia já tenha alguma autoridade no mercado. Mesmo porque, esse é
um formato que exige um investimento maior, tanto em estrutura quanto em equipe.

Exemplos de uso do brand publishing
Grandes marcas já aplicam esse tipo de estratégia de criação de conteúdo. Portanto,
confira a seguir os casos de algumas empresas que aderiram ao brand publishing.

Red Bull
A marca de bebidas tem uma empresa de mídia criada em 2008, que atua em diversas
plataformas, como livros, filmes e até uma revista. Os conteúdos criados, por sua vez,
visam inspirar por meio das histórias contadas, em especial do ramo de esportes.

L’Oreal
Em um ramo concorrido como o de maquiagens, a empresa francesa criou o portal
Makeup.com. Nele, tem o seu espaço com dicas e tutoriais, que amplia seu alcance, além
de divulgar seus produtos.

Portal da Adobe
A empresa de software criou um canal que se conecta com seu principal público, aqueles
que trabalham no marketing. Lá publica entrevistas com pessoas do ramo, dá dicas e
notícias sobre o que há de novo.

https://www.youtube.com/watch?v=FxZvUscbLHc

Como o brand publishing pode mudar a sua marca?
O branding publishing indica um nível de maturidade da marca, que passa a gerir uma
plataforma própria. Portanto, é um recurso que deve ajudar a posicionar uma empresa
como referência em seu nicho.
Sem dúvidas, o conteúdo de marca já é uma das principais formas de gerar conexão com
o público. Desse modo, quando ele impacta de maneira positiva a vida do usuário, cria-se aí
uma boa memória. Assim, de forma natural, ativa o gatilho da reciprocidade.

Elemento de diferenciação
Uma das tendências atuais é buscar facilitar, entreter ou informar o usuário. Por isso, mais
do que vender um produto, é importante estreitar o vínculo com o consumidor. Então, a
publicação da marca promove esse efeito e ainda ajuda a ampliar o público.

A mudança vem da execução de estratégias, que vão sendo executadas por meio de um
plano bem estabelecido. Por fim, não deixe esse conceito de lado e dê ainda mais destaque
a sua marca.